Dia 12 de junho, é o dia dos namorados. Nesse dia, os casais costumam sair para um jantar romântico, um restaurante legal, um belo prato de comida e uma taça de vinho. Esse ano, para a maioria dos casais não será diferente, esse roteiro básico gastronômico, e muito divertido, será feito. Como estamos em junho, o frio já começa a dar as caras, e nesse tempinho nada melhor que comer uma bela fondue. E que tal, comer a fondue com uma bela cerveja? Parece difícil imaginar essa combinação, todos ligam a ideia da fondue com o vinho, mas a combinação com a cerveja pode ser tão saborosa e proveitosa quanto.

Dia dos Namorados – Dicas de Harmonização

Primeiro, partimos do princípio que a fondue salgada geralmente é feita com queijos (Gruyère e Emmental) que combinam muito bem com cervejas (fizemos nosso último evento de harmonização de cervejas e queijos, em breve os resultados, aguardem!). Além da fondue de queijo, temos também com carnes e chocolate e frutas.

A dica inicial para combinar a cerveja com esse prato específico, e com o frio, são as brejas com maior presença alcoólica. Alguns estilos que atendem a esse aspecto são as Bocks (em especial as Doppelbocks e Eisbocks) e as Strong Ales (Barleywines inglesas e americanas).

Abaixo, vamos indicar algumas cervejas para você experimentar e harmonizar com a seu fondue:

Baden Baden Red Ale

Essa Barley Wine tem boa presença de álcool, possui ótimo dulçor e bom equilíbrio. Essa cerveja é feita em Campos do Jordão, e é facilmente encontrada nos restaurantes locais. Portanto, se está em seus planos uma passadinha em Campos do Jordão para comer uma fondue, é uma ótima pedida.

Schmitt Barley Wine

Outra Barley Wine, um pouco mais encorpada e seca. Não é muito doce, mas mostra bem o álcool. Ótima presença de maltes, tudo bem pronunciado. Não é tão equilibrada quanto a Baden, mas combina muito bem com o friozinho.

Paulaner Salvator

Uma Doppelbock exemplar, essa breja é bem encorpada, ótima presença de maltes e facílima de beber. A presença do álcool é percebida, mas bem inserida no conjunto. O corpo sedoso ajuda a esquentar a degustação.

Eggenberg Doppelbock Dunkel

Essa doppelbock é mais escura, com aroma amadeirado muito agradável. Boa presença de maltes e álcool pouco perceptível, apesar da degustação ser bem calorosa. O final é seco e doce.

Schneider Aventinus Weizen Eisbock

Uma ótima cerveja, com sabor único. Aroma bem completo, com notas variadas. Saborosa, tem bastante força em todos os elementos. O álcool aquece bastante a degustação logo no início, mas dura o necessário. Pela complexidade, aconselho que aposte nessa se já tiver um pouco de experiência com outras brejas diferentes.

Para as fondues doces, geralmente feitas com frutas e chocolate, temos mais duas indicações que combinam muito bem com essa sobremesa:

Brooklyn Black Chocolate Stout

Essa ótima cerveja do estilo Russian Imperial Stout tem um ótimo conjunto, alto amargor proveniente do chocolate e corpo denso. É ótima para se beber no frio, pois a potência alcóolica (10%) esquenta a degustação deixando uma ótima sensação na boca. Traz bem a ideia do chocolate amargo e deve ser harmonizada caso esse seja o estilo de chocolate da fondue.

Rogue Hazelnut Brown Nectar

Nesse caso, temos uma cerveja mais leve e adocicada, do estilo Brown Ale. Traz bastante de chocolate, avelãs e castanhas em seu sabor, é praticamente um bombom em formato de cerveja. Álcool mais leve que a Brooklyn (6,2%) e mais recomendado para chocolates mais doces.

Lembrando, é importante que as cervejas não sejam servidas muito geladas. A temperatura ideal para servi-las é entre 10 e 15 graus. Nessa temperatura, o álcool é mais presente e perceptível e acompanha melhor a temperatura do prato, evitando um contraste muito grande entre temperaturas. O copo de conhaque também é uma boa pedida, pois conserva bem a temperatura amena.

Um feliz dia dos namorados a todos os casais brejeiros. Aproveitem esse dia!

Cheers!