Na primeira parte desse artigo, iniciamos nossas indicações de cervejas para iniciantes. Chegamos na segunda parte deste guia de cervejas, concluiremos nossa lista com mais 10 indicações de cervejas que todos devem experimentar:

[tab name=”Veja Também”] Parte 1, Parte 2, Parte 3, Parte 4, Parte 5, Parte 6

[/tab][end_tabset]

Guia de Cervejas – Iniciantes

[tab name=”Traditional Bock”]

Kaiser Bock
País: Brasil
Estilo: Traditional Bock
Preço de mercado: R$ 1,50-3,00

Por que ela?
É, você deve estar pensando que nós somos loucos. Como assim Kaiser? Bom, para quem não conhece essa não é a Kaiser tradicional, vendida o ano todo nos mercados. Essa edição da Kaiser é sazonal, geralmente começa a ser vendida no início do junho e no final de setembro já não está mais nas prateleiras. Essa edição especial apresenta um novo estilo, o Bock (mais especificamente o Traditional Bock) e, apesar de não ser uma exímia cerveja, tem um custo excelente pelo que apresenta. Lógico, existem ótimas bocks no mercado que representam melhor o estilo, mas custam, no mínimo, cinco vezes mais. Em suma, é uma ótima cerveja que pode ser comprada aos montes sem muito custo, e é ótima para o inverno, justamente a época em que é comercializada. Além disso, merece destaque por ser comercializada pela primeira vez há quase 20 anos, sendo uma das primeiras “diferentes” no mercado nacional.[/tab]

[tab name=”Porter”]

Colorado Demoiselle
País: Brasil
Estilo: Porter
Preço de mercado: R$ 10,90–15,00

Por que ela?
Essa cerveja é um bom teste para suas preferências cervejeiras. Primeiro, é um ótimo exemplar do estilo Porter, que é basicamente uma cerveja escura que tende a ter maior suavidade. Essa cerveja, da ótima micro cervejaria brasileira Colorado, recebe café em sua fórmula e utiliza maltes de ótima qualidade. Os fãs de um bom café, sem dúvida, vão adorar essa breja, e boa parte das representantes do estilo. Alguns mais acostumados com as malzbiers de mercado (Antárctica, Brahma, etc), podem estranhar, pois não há tanto dulçor, mas isso justamente é o que torna a breja menos enjoativa.

[/tab] [tab name=”Barley Wine”]

Baden Baden Red Ale
País: Brasil
Estilo: Barley Wine
Preço: R$ 9,00-13,00

Por que ela?
Antes de tudo, essa cerveja não pode ser caracterizada dentro do estilo em que ela é rotulada (Red Ale), devido principalmente à sua graduação alcoólica. Seguindo as suas características, ela atende ao estilo Barley Wine, que sempre apresenta cervejas com maior teor alcoólico (acima de 8%). Apesar da potência alcoólica (9,2%), que assusta boa parte dos iniciantes, essa cerveja possui bastante equilíbrio, tem ótimo dulçor, e desce bem apesar da potência. Na minha opinião, a melhor das Badens, junto com a 1999, e uma das melhores entre as nacionais “populares”.

[/tab]

[tab name=”Munich Helles”]

HB (Hofbrau)
País: Alemanha
Estilo: Munich Helles
Preço: R$ 7,50-12,00

Por que ela?
Essa cerveja é uma lager com muita personalidade, bastante presença de maltes e certo destaque para o lúpulo. É uma boa cerveja para substituir as de massa seguindo o mesmo padrão de sabor. É, por muitos, considerada a cerveja ideal para o dia a dia, tanto pelo preço razoável quanto pelo frescor que essa breja traz. Outras cervejas nesse mesmo estilo que também recomendo são a Paulaner e a Bamber Helles, apesar dessas serem um pouco mais difíceis de encontrar.

[/tab]

[tab name=”Rauchbier”]

Bamberg Rauchbier

País: Brasil
Estilo: Rauchbier
Preço: R$8,50-11,00

Por que ela?
Essa cerveja não pode ficar de fora de nenhuma lista minha. É uma cerveja bem diferente e saborosa. O diferencial dessa cerveja é seu processo produtivo, onde o malte é defumado, trazendo para a cerveja essa característica em seu sabor, que, como costumamos dizer, lembra bacon. Combina perfeitamente com todos os tipos de carnes, principalmente as mais gordurosas. Recomendo principalmente por ter um sabor único.

[/tab]

[tab name=”German Weizenbock”]


Erdinger Pikantus
País: Alemanha
Estilo: German Weizenbock
Preço: R$9,00-12,00

Por que ela?
A minha preferida das populares Erdingers, apesar de sua ausência na maioria dos bares. O estilo weizenbock tem por principio juntar elementos das Weiss (cervejas de trigo) com as bocks. Esse exemplar traz ótimo dulçor, conjunto bem consistente, ótimo corpo e leve picância. Duas brasileiras, Eisenbahn e Bamberg, têm em seu cartel cervejas nesse estilo, que recomendamos tanto quanto a Pikantus.

[/tab]

[tab name=”Premium Bitter”]

Fuller’s London Pride
País: Inglaterra
Estilo: Premium Bitter
Preço: R$ 18,00-22,00

Por que ela?
Essa cerveja é uma clássica Premium Ale Britânica, com características comuns as demais cervejas inglesas, que costumam ser mais secas. Tem uma boa base de maltes e presença de lúpulo muito boa. Em alguns lugares, pode ser encontrada na versão chopp (“on tap” ou “na pressão”), onde é bem cremosa e refrescante. Se essa cerveja lhe agradar, corra para as londrinas, que você encontrou o seu estilo.

[/tab]

[tab name=”Specialty Beer”]

Bavaria 8.6 Special Red Beer
País: Holanda
Estilo: Specialty Beer
Preço: R$ 9,00-12,00

Por que ela?
Tanto essa quanto a outra 8.6 (Blond) valem muito a pena, mas indico essa cerveja pela facilidade de ser degustada e pelo sabor muito frutado que ela apresenta. A presença de álcool poderia ser maior, o que a tornaria um pouco mais complexa, mas com as características que essa cerveja apresenta, já se torna uma ótima opção de cerveja mais doce, sem ser enjoativa. Indicamos sempre para iniciantes, principalmente para as meninas que preferem algo mais docinho.
[/tab][tab name=”Dunkelweizen”]

Paulaner Hefe-Weissbier Dunkel
País: Alemanha
Estilo: Dunkelweizen
Preço: R$9,00-13,00

Por que ela?
Essa cerveja tem por característica ser uma breja de trigo com os maltes mais torrefados que os da German Weiss. Isso faz com que a cerveja tenha mais características pertinentes as brejas escuras, como o aroma mais queimado e o sabor mais tostado que o comum. Geralmente, agrada fãs “trigueiros” e fãs de cerveja escura.

[/tab]

[tab name=”American IPA”]

Colorado Indica
País: Brasil
Estilo: Índia Pale Ale
Preço: R$ 10,90-13,50

Por que ela?
Esse estilo de cerveja nasceu há muitos anos, onde os ingleses levavam a cerveja para as índias, mas precisavam de algum conservante natural para que a cerveja não estragasse no caminho. O conservante encontrado foi o lúpulo, que é adicionado à cerveja e, no caso das IPAs, em maior quantidade. Por isso, o que você gostar nessa cerveja é puro e simplesmente lúpulo. Além disso, essa Colorado recebe rapadura em sua fórmula, que dá um toque especial na breja.

[/tab]
[end_tabset]

Bom, terminamos as indicações das cervejas aos iniciantes por aqui. Lembrando, nossa intenção foi apresentar cervejas fáceis de achar, de beber e que não pesam no bolso. Para comprar um exemplar de cada, em média, o custo será de R$140, ou seja, menos de dez reais por exemplar.

Cheers!