Salve Brejeiros! Chega a páscoa, data conhecida pelas receitas de bacalhau da sexta-feira santa e dos chocolates e colombas do domingo. Para nós cervejeiros, não há data que não possamos incluir nossa querida bebida do dia-a-dia, e a Páscoa não foge a regra.

No artigo de hoje, teremos dicas para o almoço de sexta e para os doces do domingo, tudo isso regado a boa cerveja, além de falar um pouco sobre a páscoa e origem das tradições atuais e promoções de páscoa.

Páscoa – Origem 

easterbeer cópia

A Páscoa é uma das datas comemorativas mais importantes entre variasculturas ocidentais. A origem desta comemoração é bem adverso e o termo “Páscoa” tem uma origem religiosa que vem do latim Pascae. Na Grécia Antiga, este termo também é encontrado como Paska. Porém sua origem mais antiga esta entre os hebreus, onde aparece o termo Pesach, cujo significado é passagem (devido a fuga do Egito por Moisés).

Origem do Coelho da Páscoa e os ovos de Chocolate

O coelho (na verdade era uma lebre) como símbolo da a Páscoa tem origem anglo-saxônica e pré-cristã Lebres e coelhos eram associados à abundância da nova vida, após um inverno de privações e fertilidade.

Dizem as lendas que à deusa da primavera saxã Eostre (possível origem para a palavra easter e oister) tinha uma especial afeição por crianças. Onde quer que ela fosse, elas a seguiam e ela adorava cantar e entretê-las com sua magia. Então um dia transformou um pássaro que posou em sua mão em seu animal favorito, uma lebre. Isto maravilhou as crianças.

Com o passar dos meses, elas repararam que a lebre não estava feliz com a transformação, porque não mais podia cantar nem voar e no inverno a deusa não tinha poderes, então a lebre assim permaneceu até a Primavera e a deusa conseguiu transformar a lebre em um pássaro novamente, durante algum tempo. Agradecido, o pássaro botou ovos em homenagem a Eostre. Em celebração à sua liberdade e às crianças, que tinham pedido a Eostre que lhe concedesse sua forma original, o pássaro, transformado em lebre novamente, pintou os ovos e os distribuiu pelo mundo.

Quando a Páscoa cristã começou a ser celebrada, a cultura pagã de festejo da Primavera foi integrada na Semana Santa. Os cristãos passaram a ver no ovo um símbolo da ressurreição de Cristo.

O surgimento do ovo de chocolate, na Páscoa, deu-se a partir do século XVIII, em substituição aos ovos duros e pintados que eram dados de presente na época. Foi uma descoberta fabulosa dos confeiteiros franceses que inventaram esse modo atraente de apresentar o chocolate.

No Brasil, tradição do coelho e dos ovos de Páscoa data do início do século XX. Foi trazida, em 1913, por imigrantes alemães.

 

Agora chega de história e vamos as brejas!

Ale Smith Spezial Pils

No aroma muito pão e floral, corpo e amargor médio baixo , muito fácil de beber. Combina muito bem com um bacalhau.

Dádiva Mint Leaves

Para os fãs de chocomenta como eu a Mint Leaves é indicada, o sabor e aroma lembram bastante as pastilhas de menta com chocolate.

Oskarblues Death by coconut

Se existe prestígio em forma de cerveja é a Oskarblues Death by coconut.

Se você é fã de prestígio como eu você precisa experimentar essa breja.

Ale Smith Nut Brown

Avelã toffee, chocolate ao leite, café e leve terroso remetendo a bancha. Dulçor na medida e não persistente .

Colorado Ithaca

Traz café, ameixa, caramelo, cappuccino, açúcar mascavo, coco queimado, madeira, caramelo, melaço e conhaque.

Receitas

Bacalhau de Sexta feira Santa

Primeiro, para a receita do Bacalhau, vamos usar uma das criações do fantástico João Gabriel Amstalen, do blog Panela de Malte. A receita transcrita abaixo pode ser encontrada no blog, com outras dezenas de combinações e dicas desse gastrônomo cervejeiro de ótimo gosto e com muita vontade de compartilhar suas experiências.

Bacalhau À Gomes de Sá

Ingredientes• 1 Kg de bacalhau dessalgado em postas

• 4 tomates sem pele e sem semente
• Brócolis
• 2 dentes de alho picados
• 2 Batatas Grandes
• Sal, pimenta e salsinha picada a gosto
• Azeite

Dessalgue o bacalhau. Para isso coloque submerso em água gelada, na geladeira, 48 horas antes trocando á agua de 4 em 4 horas. No dia, se necessário, ferva o bacalhau até retirar o sal. Experimenta a água sempre. Tempere com pimenta e salsinha.

Cozinhe as batatas até que fiquem macia, mas ainda mantenham a forma, corte-as em cubos médios e reserve. Coloque os tomates em água fervente por 30 seg e depois de um choque térmico em banho de gelo para tirar a pele. Corte-os aos meios e reserve, tempere com sal e pimenta e reserve. Cozinhe os brócolis até ficarem al dente e após isso coloque-os no banho de gelo. Tempere com sal e pimenta.

Retire os caroços da azeitona. Agora iremos precisar de três frigideiras. Na primeira coloque azeite até cobrir e frite as batatinhas até que estejam crocantes, mexa apenas para que pegue todos os lados, mas deixe o fogo cozinhar. Em outra, novamente com azeite doure o bacalhau de todos os lados. Na última, menos azeite, torre o alho, adicione os brócolis, a azeitona e por último o tomate, não deixe o tomate perder a forma, o cozimento nessa última é bem rápido.

Pescada Branca à Parmegiana

Este prato tem preço atrativo se comparado ao bacalhau e é tão saboroso quanto. Receita da chef Mirian Marcatti, do Pescados Hermes.

Ingredientes Peixe

500 gramas de filé de pescada branca

Sal e pimenta a gosto

1 ovo

200 ml de água

Farinha de trigo para empanar

Farinha panko para empanar

Óleo para fritar

Ingredientes Molho

300 ml de molho de tomate

1 cebola picada

Salsa picada a gosto

200 gramas de queijo muçarela em fatias

Modo de Preparo Peixe

Tempere os filés com sal e pimenta a gosto e reserve.

Em seguida empane cada filé de pescada branca na farinha de trigo, depois mergulhe no ovo e por último passe na farinha panko.

Em uma frigideira aqueça o óleo e frite o filé de pescada branca. Caso prefira, o filé pode ser grelhado ou assado.

Modo de Preparo Molho

Em outra panela refogue a cebola, coloque o molho de tomate e mexa até que o molho fique consistente.

Separe um recipiente para a montagem. Coloque primeiro uma camada de molho, o filé de pescada branca, o molho e uma camada de muçarela. Leve ao forno até que o queijo esteja derretido.

Retire do forno e sirva acompanhado de arroz branco

Rendimento: 4 porções.

Eventos durante a Páscoa

 

Não há Eventos no momento

 

 

De agora sua opnião

%d blogueiros gostam disto: