“O cheiro está ligado à saudade”. Ouvi essa frase outro dia e, sinceramente, a primeira coisa que me veio à cabeça foi um belo copo de cerveja.

É verdade. Lembrei do aroma que eu senti na primeira vez que me deparei com uma cerveja artesanal e do que eu estava fazendo, comendo e onde estava quando eu decidi que sairia de uma vida planejada e embarcaria em outra, repleta de aromas, sabores, estilos e mais do que isso, expectativas.

Você já parou para pensar o motivo de estar aqui e permanecer neste mercado? O que te faz achar que trabalhar com cerveja te trará uma vida fluida? Quantas vezes você se questionou se estava no caminho certo? Não sei vocês, mas eu penso nisso constantemente. Não porque essa vida não é feliz, mas é justamente me questionar nos momentos de incerteza que eu encontro as respostas, é essa dúvida que te move.

É ela que te faz mudar de cidade e apostar numa vaga no chão de uma fábrica, é ela que te leva para um treinamento no outro lado da cidade para falar de cervejas. É por ela que você largou uma função estável e anda todos os dias visitando ponto de venda. Foi ela que te disse: vai, meu bem. Larga a velha vida e vem. Vai dar tudo certo.

Cerveja é mais que copo (ou taça) cheio. Para muitos, é recomeço, oportunidade, escape. Conheci um que começou nessa para suportar a dor de um ente querido. Outra, entrou porque atendia numa mesa de bar, aos finais de semana, e se encantou. Muitos começaram na brincadeira de fazer cerveja em casa e receberam o estímulo de continuar. Sonhos, a gente não pode criticar o de ninguém. E para você, o que te trouxe neste mercado e o que te faz ficar?

 

 

Eu? Bom, eu entrei. Conheci. Fiquei. Mudei. Conquistei amigos incríveis. Perdi outros. Reencontrei uma pessoa. Estou construindo. Soltei uma cadeira que era cativa, doeu, aconteceu e fui viver. Vim empreender. Sem crachá, sem status. Cara, coragem e copo cheio.

Quem é que vai duvidar dos sonhos e da força de uma bela cerveja?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: