Cerveja Feminina – Feminismo Engarrafado? – Por Fernanda Fregonesi

Esse mês queria conversar com vocês um pouco sobre as iniciativas femininas na cerveja, especialmente sobre uma que chamou a minha atenção e também a atenção do New York Times, BBC e The Independent, a Cerveja Feminista.

A cerveja feminista é uma Red Ale com 6% de ABV e 24.5 de IBU idealizada pelas meninas do grupo de ativismo 65 | 10: Maria Guimarães, Thais Fabris e Larissa Vaz. As publicitárias cansadas de engolirem algumas propagadas super sexistas feitas por cervejarias, encontraram uma forma inusitada e incrível de levar o feminismo para ser discutido na mesa: em forma de cerveja.

itaipava-verao-machismoSalvei essa foto carinhosamente como meusolhossangram.jpg

Inicialmente iam ser produzidas apenas 80 garrafas, mas a ideia deu tão certo que em 3 dias já havia mais de 1.000 encomendas das cervejas pelo site deles (Aliás, dá para se inscrever lá e ficar “na fila” para o próximo lote da cerveja. Eu já me inscrevi ;))) ) levando a produção até as panelas da Dortmund.

cerveja-feminista

De começo achei que a proposta era parecida com a do Social Beers (que faz um crowdfunding para o lançamento de cervejas. Uma dessas cervejas foi a Sexta-feira, colaborativa da Invicta com a Sixpoint que ficou muito boa e já mora aqui no hall da fama do meu fígado) mas a proposta das meninas foi totalmente auto financiado, sem expectativa nenhuma de lucro sobre as cervejotas.

Conversei com as meninas do 65 | 10 hoje e elas estão super satisfeitas com o alcance da Cerveja Feminista e consideram que o objetivo de discutir o feminismo abertamente através desse lubrificante social incrível que é a cerveja foi alcançado.

Pessoalmente eu achei essa iniciativa maravilhosa, temos visto hoje em dia propagandas terríveis vindas de algumas cervejarias, (lembra da Skol e o “esqueci o não em casa” que rolou nesse carnaval?) que ver uma inciativa assim chega a dar um grande alívio, rola até uma esperança que o mercado cervejeiro tenha mais noção quanto as suas campanhas publicitárias. Já estou inscrita para saber quando vem o próximo lote das cervejas feministas!

O coletivo 65 | 10 também oferece serviços de consultoria, análise de risco, workshops, palestras e criação de ações que mudem a forma que a mulher é retratada na publicidade. Fica a dica para as cervejarias!

Um pouquinho de igualdade e respeito nunca fez mal a ninguém!

Cheers e até mês que vem!

 

Fernanda Fregonesi

Fernanda-fregonesi-mulher-cerveja

Virginiana com lua em Gêmeos e ascendente em Sagitário.

Amante de coelhos, Sartre, Pumpkin Ales e Barley Wines.
Trabalha forte nas horas/copo desde 2012, quando conseguiu colocar as patas no primeiro copo de cerveja artesanal.
Biomédica habilitada para Microbiologia, Especializada em Microbiologia de Processos cervejeiros pelo Siebel Institute e Mestranda em Biotecnologia Industrial pela Universidade Positivo.
Atualmente tenta conquistar 3 continentes como Evil Mind pelo Yeast Facts, ensinando homebrewers e dando consultorias para cervejarias.
Gasta os dias bebendo, tirando fotos de gatos e cultivando o humor negro nas redes sociais.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.