Em junho, realizamos a primeira avaliação da série de cervejas que a cervejaria Coruja lançará no mercado. As brejas “Fora de Série” iniciaram com a Bacca (clique aqui para nossa avaliação) e agora experimentaremos a Labareda, a segunda da série.

A Labareda é uma lager oriunda de uma Kellerbier¹ com adição de pimenta. A breja, feita em conjunto com o músico Wander Wildner, é uma pancada apimentada e uma legítima Rock Bier.

¹Kellerbier- Um estilo de cerveja originário da Alemanha e keller significa literalmente adega. Esta é uma cerveja lager não filtrada, geralmente com uma boa carga de lúpulo aromático. As Kellerbiers autênticas geralmente possuem pouca carbonatação porque elas fermentam em barris de madeira que não conservam toda a carbonatação produzida pela reação de fermentação. Em geral elas são encontradas localmente, mas algumas cervejarias oferecem suas versões em garrafas e barris, permitindo o transporte para outros mercados. Nestas versões, as cervejarias costumam realizar uma leve filtragem e adicionam uma leve carbonatação artificial para dar maior efervecência.

Abaixo, nossa avaliação:

Aparência: Coloração âmbar escuro, com baixa formação de espuma, com boa persistência, deixando uma camada perene até o fim da degustação.

Aroma: Aroma trás maltes caramelados e notas de compota de abóbora. Nota-se especiarias, como cravo. Bastante agradável.

Sabor: O início segue o aroma, com notas de abóbora e caramelo. Ao engolir, logo vem a pancada de pimenta. O final e o aftertaste são apimentados, e a cada gole fica mais forte. Nada de lúpulos. Presença alcoólica leve. Bem balanceada.

Tato: Corpo e carbonatação médios, com adstringência de média para alta. Cremosidade baixa.

Geral: Ótima proposta, principalmente para os fãs de uma boa pimenta. Aos sensíveis a pimenta, cuidado, pois a cada gole a pimenta é mais evidente.

Nota Geral: 3,5 de 5,0

Agora, aguardamos o lançamento da última breja dessa série, a Coice, uma Tribock prestes a sair do forno.

Cheers!