Ambev e Lohn Bier produzem sua primeira cerveja com 100% de ingredientes de Santa Catarina

Salve brejeiros, a Brazilian Pale Ale, TodaNossa, é a primeira cerveja produzida pelas cervejarias com lúpulo, malte e levedura regionais.

Ambev e Lohn Lançam Brazilian Pale Ale

Ambev e Lohn Lançam Brazilian Pale Ale

Uma nova era de cervejas com lúpulo brasileiro está nascendo. Menos de um ano depois do lançamento da Hop Lager Green Belly, fruto da colaboração entre Ambev e Lohn Bier, utilizando o ingrediente cultivado pelo Projeto Fazenda Santa Catarina, da Ambev, as cervejarias agora retomam a parceria para a concepção e desenvolvimento da sua primeira cerveja feita com 100% de ingredientes locais.

A TodaNossa, como foi batizada, é uma Brazilian Pale Ale feita com lúpulo proveniente da agricultura familiar da Serra, uma levedura cervejeira (fermento) encontrada no litoral pelos pesquisadores brasileiros, René Aduan e Ana Carolina Souza Ramos de Carvalho, e cevada plantada no meio-oeste e malteada no vale do Itajaí, tudo isso em Santa Catarina. O Estado fechou 2020 com Valor de Produção Agropecuária (VPA) de R﹩ 40 bilhões, o maior da história, segundo dados do 41ª edição da Síntese Anual da Agricultura de Santa Catarina.

“Até pouco tempo atrás, os argumentos para se fazer cervejas de qualidade eram exclusivamente associados ao uso de ingredientes importados. Mas, a partir de agora, podemos usar três tipos de maltes beneficiados de cevada brasileira, lúpulos que são cada dia mais bem desenvolvidos na Serra Catarinense e a primeira levedura tipo Saccharomyces”, conta Richard Westphal Brighenti, cervejeiro e sommelier.

De acordo com o especialista, unir todos esses ingredientes na mesma cerveja exigiu um longo projeto, aproximou desenvolvedores de matérias-primas e cientistas, e permitiu repensar as possibilidades cervejeiras do Brasil. “Por algum momento o meu sentimento pessoal foi semelhante ao de fazer uma cerveja pela primeira vez. A TodaNossa tem características próprias, lúpulos frescos da safra 2021 – que formam um buquê floral – além de leve frutado que orna com os fenóis da levedura Ale. O corpo baixo para os 4,2% ABV a torna bastante acessível para todos os paladares. É um legado que a Fazenda Santa Catarina, da Ambev, e os demais parceiros generosamente confiaram a nós. Estamos todos lisonjeados pelo que fizemos juntos”, explica.

Para Felipe Sommer, coordenador do Projeto Fazenda Santa Catarina, esse é mais um movimento para fortalecer o ecossistema cervejeiro e o fomento da cultura do lúpulo nacional. “A TodaNossa é fruto da colaboração de pesquisadores, malteiros, cervejeiros, produtores de lúpulo e cevada. Todas essas cervejas colaborativas que estão sendo criadas mostram que é possível, sim, produzir lúpulo de qualidade no Brasil. A nova levedura traz mais elementos para nossos cervejeiros exercitarem sua criatividade e fortalecer ainda mais a posição do país nesse universo”, complementa.

No próximo mês, cerca de dois mil litros da cerveja TodaNossa serão engarrafados e comercializados para todo o Brasil pelo Empório da Cerveja e pela Cervejaria Lohn Bier.